O GERENCIAMENTO DE CRISE EM REBELIÕES NO SISTEMA PENITENCIÁRIO BRASILEIRO

  • Cecílio Argolo Junior Uninassau

Resumo

A doutrina do gerenciamento de crises desenvolvida pela Academia Nacional do FBI (Bureal Federal of Investigation) e adotada pelas forças de segurança pública do Brasil, vem ao passar dos anos se aperfeiçoando e adequando-se à realidade jurídica brasileira. O presente estudo discorre acerca do gerenciamento de crise em rebeliões no sistema penitenciário brasileiro. Neste sentido, faz-se necessária uma análise detalhada acerca de alguns elementos indispensáveis: o sistema penitenciário brasileiro, a crise e o gerenciamento de crise. Deste modo, tornar-se-á possível compreender a problemática que envolve o tema em discussão, entendendo a motivação e a dinâmica da tomada de reféns localizados em rebeliões, apresentando assim, mecanismos de enfrentamento capazes de dar ao evento crítico um desfecho aceitável.  
Publicado
Fev 15, 2018
##submission.howToCite##
JUNIOR, Cecílio Argolo. O GERENCIAMENTO DE CRISE EM REBELIÕES NO SISTEMA PENITENCIÁRIO BRASILEIRO. Revista Eletrônica Direito e Conhecimento, [S.l.], v. 1, n. 3, fev. 2018. Disponível em: <http://revistas.cesmac.edu.br/index.php/dec/article/view/707>. Acesso em: 10 dez. 2018.