QUALIDADE DE VIDA E SUA ASSOCIAÇÃO COM O STATUS DE VITAMINA D EM PACIENTES INFECTADOS PELO HIV/AIDS

  • Sonia Maria Ferreira Soares CESMAC

Resumo

A vitamina D é um potente imunomodulador e sua deficiência/insuficiência tem sido associada à infecção pelo HIV/aids e qualidade de vida. Este estudo do tipo transversal observacional analítico analisou 74 pacientes infectados pelo HIV/aids atendidos no Hospital Universitário Prof. Alberto Antunes/ Hospital Dia, com o objetivo de avaliar qualidade de vida e sua associação com status de vitamina D em pacientes infectados pelo HIV/aids. A hipovitaminose D foi testada por quimioluminescência e qualidade de vida pelo instrumento HAT-QoL. Os resultados foram analisados através do software SPSS®20, com nível de significância de 5%. Homens, pardos, renda de até um salário mínimo, idade média de ±40,03 anos, alfabetizados, diagnóstico de HIV há mais de cinco anos, transmissão sexual, contagem de células TCD4 maior que 200 mm³, carga viral menor que 50 cópias/ml e em uso de medicação antirretroviral, foram os achados sociodemográficos e clínicos mais prevalentes. A hipovitaminose D não foi prevalente na amostra e não apresentou associação significativa com os domínios da qualidade de vida. Apesar do estudo não evidenciar impacto da hipovitaminose D e qualidade de vida, há necessidade de correlacionar estes indicadores, e, consequentemente, contribuir para integridade da saúde destes pacientes.
Publicado
Nov 12, 2015
##submission.howToCite##
SOARES, Sonia Maria Ferreira. QUALIDADE DE VIDA E SUA ASSOCIAÇÃO COM O STATUS DE VITAMINA D EM PACIENTES INFECTADOS PELO HIV/AIDS. REVISTA INCELÊNCIAS, [S.l.], v. 5, n. 1, nov. 2015. ISSN 2178-0935. Disponível em: <http://revistas.cesmac.edu.br/index.php/incelencias/article/view/398>. Acesso em: 16 dez. 2018.