Atendimento Odontológico ao Portador de Glaucoma

  • Marcílio Otávio Brandão Peixoto CESMAC

Resumo

O glaucoma se caracteriza por alterações patológicas do campo visual e de escavação do disco óptico decorrentes, na maioria dos casos, de elevação da pressão intraocular. É um problema de saúde pública e uma das mais importantes causas de cegueira no Brasil e no mundo, sendo responsável por 13% dos casos de cegueira global. O tratamento do glaucoma é complexo e consiste, basicamente, em retardar ou parar a progressão da doença e, consequentemente, sua evolução para a cegueira. O tratamento clínico envolve o uso de medicamentos tópicos capazes de reduzir a pressão intraocular, como por exemplo, o grupo das prostaglandinas e análogos, beta-bloqueadores, agonistas adrenérgicos, hiperosmóticos e parassimpaticomiméticos. Em casos mais avançados, há necessidade de recorrer-se a cirurgia ou a terapia a laser. O presente trabalho aborda, através de revisão de literatura, a importância do conhecimento sobre o glaucoma, por parte do Cirurgião-dentista e como deve ser tratado o portador desta condição clínica no ambiente clínico-odontológico. Pode-se concluir que o Cirurgião-dentista deve estar atento tanto aos cuidados durante o atendimento clínico como também na utilização ou prescrição de medicamentos em sua rotina, pois estes são capazes de induzir ou agravar o glaucoma em decorrência de reações adversas ou interações medicamentosas induzidas desfavoravelmente com os fármacos usados no tratamento da doença. 
Publicado
Nov 12, 2015
##submission.howToCite##
BRANDÃO PEIXOTO, Marcílio Otávio. Atendimento Odontológico ao Portador de Glaucoma. REVISTA INCELÊNCIAS, [S.l.], v. 5, n. 1, nov. 2015. ISSN 2178-0935. Disponível em: <http://revistas.cesmac.edu.br/index.php/incelencias/article/view/399>. Acesso em: 11 dez. 2018.