PERCEPÇÕES SOBRE CONHECIMENTOS DE FARMACOLOGIA ADQUIRIDOS NA GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA.

  • Fernanda Braga Peixoto CESMAC

Resumo

Na Odontologia, o cirurgião-dentista se depara com situações patológicas e diversas alterações de acometimento ao paciente como infecções, dor, inflamação, ansiedade, medo, agitação, inquietude, entre outros, que, em determinados momentos, necessitam que o profissional lance mão de um arsenal de medicamentos para complementar a terapêutica clínica ou cirúrgica. Objetivou-se analisar o conhecimento adquirido em Farmacologia por estudantes durante a graduação em Odontologia. Tratou-se de um estudo analítico, observacional, de corte transversal. A amostra foi de 129 alunos que responderam a um formulário eletrônico utilizando-se da tecnologia Google Drive®. Os dados tabulados foram analisados de forma descritiva. Os estudantes consideraram suficientes os conhecimentos em Farmacologia durante a graduação, as áreas com maiores aquisições de conhecimento foram sobre indicação medicamentosa e posologia e com menores aquisições as de contraindicação e interações medicamentosas. Quanto à carga horária não houve consenso, a maior parte dos participantes percebeu que os assuntos foram complementados em outras disciplinas e que a seleção dos assuntos foi adequada. Apesar dos acadêmicos considerarem a farmacologia como sendo uma disciplina imprescindível como componente da matriz curricular do curso de Odontologia e com significativa utilidade à prática clínica, a dedicação à disciplina durante a graduação foi meramente razoável. 
Publicado
Nov 12, 2015
##submission.howToCite##
BRAGA PEIXOTO, Fernanda. PERCEPÇÕES SOBRE CONHECIMENTOS DE FARMACOLOGIA ADQUIRIDOS NA GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA.. REVISTA INCELÊNCIAS, [S.l.], v. 5, n. 1, nov. 2015. ISSN 2178-0935. Disponível em: <http://revistas.cesmac.edu.br/index.php/incelencias/article/view/400>. Acesso em: 16 dez. 2018.