ASSOCIAÇÃO DOS INDICADORES SÓCIA DEMOGRÁFICA E CLÍNICA NA QUALIDADE DE VIDA DE PACIENTES VIVENDO COM HIV/AIDS EM MACEIÓ, ALAGOAS, BRASIL

  • Sonia Maria Soares Ferreira Centro Universitário Cesmac

Resumo

A epidemiologia da aids no nordeste apresenta crescimento linear significante, em Alagoas foram notificados 4579 casos de aids. Estudar a qualidade de vida desses pacientes é permitir a construção de um novo cenário sobre a sua saúde física, mental e social diante da doença. O objetivo deste trabalho foi avaliar a qualidade de vida de pacientes infectados pelo HIV/aids em atendimento no centro de referência de Maceió- AL. Foram entrevistados 74 pacientes. Para coleta de dados foram utilizados questionários contendo variáveis sociodemográficas e clínicas e o inventário HIV/AIDS-Targeted Quality of Life (HAT-QoL). Os resultados foram analisados através do software SPSS®20, com nível de significância de 5%. Homens, pardos, renda de até um salário mínimo, idade média de ±40,03 anos, alfabetizados, diagnóstico de HIV há mais de cinco anos, transmissão sexual, contagem de células TCD4 maior que 200 mm³, carga viral menor que 50 cópias/ml e em uso de medicação antirretroviral, foram os achados sociodemográficos e clínicos mais prevalentes. Os pacientes mostraram impacto de qualidade de vida apenas nos domínio “Preocupação com o sigilo” e “Preocupação financeira”. Na avaliaçao do constructo houve associação significativa entre as variáveis sociodemográficas: Gênero e escolaridade; e variaveis clínicas: Cd4,carga viral e tempo de infecção. Os pacientes com menor tempo de infecção tinha maior comprometimento da qualidade de vida, comprometendo cinco dos nove domínios. O estudo reforça a aplicabilidade do questionário HAT-QoL na prática clínica e, dessa forma, contribuir com a integridade da assistência em saúde.
Publicado
Nov 18, 2015
##submission.howToCite##
SOARES FERREIRA, Sonia Maria. ASSOCIAÇÃO DOS INDICADORES SÓCIA DEMOGRÁFICA E CLÍNICA NA QUALIDADE DE VIDA DE PACIENTES VIVENDO COM HIV/AIDS EM MACEIÓ, ALAGOAS, BRASIL. REVISTA INCELÊNCIAS, [S.l.], v. 5, n. 1, nov. 2015. ISSN 2178-0935. Disponível em: <http://revistas.cesmac.edu.br/index.php/incelencias/article/view/461>. Acesso em: 16 dez. 2018.