COMPARAÇÃO CLÍNICA DA MICROBIOTA, TEMPO DE TRATAMENTO E SENSIBILIDADE DOLOROSA ENTRE DOIS MÉTODOS DE REMOÇÃO DE CÁRIE: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA.

  • Karlla Almeida Vieira Centro Universitário Cesmac

Resumo

Introdução: O gel Papacárie inovou a remoção químico mecânica da cárie pela sua facilidade de execução proporcionando o uso dessa técnica em locais de difícil acesso, porém ainda não existe integração das informações dos estudos referentes a esse gel que possibilitem resultados para uma prática baseada em evidências científicas. Objetivos: Realizar uma revisão sistemática de ensaios clínicos controlados randomizados encontrados na literatura que o Papacárie® comparando com o método convencional/instrumento rotatório. Materiais e métodos: Realizada pesquisa nas bases de dados PubMed(Medline), Biblioteca Cochrane, EMBASE,LILACS,SCIELO, BIREME E GOOGLE ESCOLAR para identificar estudos clínicos randomizados que comparassem o uso de Papacárie na remoção do tecido cariado com os métodos convencionais de remoção de cárie/instrumentos rotatórios. Resultados: Dez estudos foram incluídos, com um total de 570 dentes, quatro estudos comparam as duas técnicas de remoção de cárie quanto a taxa de redução da microbiota e não obtiveram nenhum resultado estatisticamente significante. O tempo utilizado para total remoção da cárie foi avaliado por seis estudos onde a média em minutos do tempo de tratamento com Papacárie® era maior que o instrumento rotatório. A redução da dor durante a remoção da cárie foi descrita por sete estudos avaliados e esta teve uma redução quando utilizado o papacárie. A qualidade dos estudos foi avaliada pela escala de Jadad. Conclusão: O Papacárie®, reduziu a dor durante a remoção da cárie infectada, embora o tempo de tratamento fosse mais longo quando comparado ao grupo controle. Não houve nenhuma diferença significante entre os grupos na redução da microbiota após os tratamentos preconizados.
Publicado
Nov 18, 2015
##submission.howToCite##
VIEIRA, Karlla Almeida. COMPARAÇÃO CLÍNICA DA MICROBIOTA, TEMPO DE TRATAMENTO E SENSIBILIDADE DOLOROSA ENTRE DOIS MÉTODOS DE REMOÇÃO DE CÁRIE: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA.. REVISTA INCELÊNCIAS, [S.l.], v. 5, n. 1, nov. 2015. ISSN 2178-0935. Disponível em: <http://revistas.cesmac.edu.br/index.php/incelencias/article/view/471>. Acesso em: 11 dez. 2018.