O PARADOXO DE RUSSELL E O TEMPO LÓGICO DE LACAN: DO REAL AO IMAGINÁRIO EM UMA LINHA PARADOXAL

##plugins.pubIds.doi.readerDisplayName## http://dx.doi.org/10.3333/ps.v7i9.819

Resumo

Este artigo contempla três modelos observáveis: O Paradoxo de Russell, o Tempo Lógico de Lacan e o Tempo do Universo. Um Paradoxo é uma sentença supostamente verdadeira que induz a uma contradição lógica. O Tempo Lógico de Lacan parte de três momentos executáveis: o momento do ver, o momento do compreender, e o momento do concluir. O Tempo do Universo no plano real, sob a ótica do imaginário gera conjecturas temporais: quanto dura o presente? Ou se existe o passado e o futuro? Diante destes pressupostos, espera-se que essa discussão possa contribuir para outros estudos e pesquisas e nos leve a compreender os mistérios da existência humana. 
Publicado
Nov 18, 2018
##submission.howToCite##
PONTES, Edel Alexandre Silva. O PARADOXO DE RUSSELL E O TEMPO LÓGICO DE LACAN: DO REAL AO IMAGINÁRIO EM UMA LINHA PARADOXAL. Psicologia & Saberes, [S.l.], v. 7, n. 9, p. 18-24, nov. 2018. ISSN 2316-1124. Disponível em: <http://revistas.cesmac.edu.br/index.php/psicologia/article/view/819>. Acesso em: 10 dez. 2018. doi: http://dx.doi.org/10.3333/ps.v7i9.819.

Palavras-chave

Paradoxo de Russell; O Tempo Lógico de Lacan; O Tempo do Universo.