ESTRATÉGIA E INOVAÇÃO

Estudo Bibliométrico da Estratégia do Oceano Azul

  • Cláudio Filipe Lima Rapôso Universidad Autónoma de Asunción https://orcid.org/0000-0002-7757-0189
  • Marcio Luz da Conceição Universidad Autónoma de Asunción
  • Paola Aragão Ferreira Silva Universidad Autónoma de Asunción
  • Andre Rodrigues Matsumoto Universidad Autónoma de Asunción
  • Giovanni Bruno Lopes de Souza Brito Universidad Autónoma de Asunción
  • Waldecy Ferreira de Oliveira Junior Universidad Autónoma de Asunción
  • Genifer Yani Figueira de Holanda Universidad Autónoma de Asunción
Palavras-chave: Gestão da Inovação, Estudo Bibliométrico, Oceano Azul

Resumo

No que se refere a globalização econômica, mudanças de forma intensa vem fazendo empresas a questionar e melhorar a produtividade na produção de bens e serviços, fazendo que a velocidade de transformação a competitividade a níveis. Seguindo essas premissas, o artigo destacado tem como objetivo de realizar um estudo bibliométrico da estratégia do Oceano Azul. Para atingir tal objeto o estudo deve ter um embasamento teórico para descrever e destacar o que torna a empresa um “Oceano Azul”. Comparar os resultados encontrados sobre a com a produção em inglês, assim como a realização de pesquisas nas bases EBSCOHost, Crossref.org e Google Scholar. Os recursos apresentados para a administração da ideia estão ocorrendo e utilizadas e nas corporações, estão podendo ratificar, e o que é melhor, os registros do emprego da estrutura empregada estão admitindo que as organizações consigam a inovação de valor para tanger a meta de ascender o desenvolvimento sustentável adiante da competição. Recomenda-se o incentivo de novas pesquisas sugere-se comparar os resultados encontrados sobre a Estratégia do Oceano Azul com outras estratégias, assim como a realização de pesquisas em outras bases.

Referências

BARBERO, E. R.; VIEIRA, B. N. Estratégia Do Oceano Azul: Relato De Implantação Em Um Setor Em Crise. Revista Ibero-Americana de Estratégia (RIAE), [s. l.], v. 14, n. 4, p. 13

BARDIN L. Análise de conteúdo. Portugal: Edições 70; 2009.

BRITO e CUNHA R. B, GOMES R. Young male homosexuals and their health:a systematic review. Interface (Botucatu). 2015; 19(52):57-70.5–148, 2015.

CARNEIRO, J, M, T; CAVALCANTI, M, A, F, D; SILVA, J ,F .Porter Revisitado: Análise Crítica da tipologia estratégica do mestre. RAC. v.1, n.3, p.7-30. set/dez. 1997.

CATTANEO, F. R. A; SOUZA, L. A.; NOBREGA, K. C. Um estudo bibliométrico da Estratégia do Oceano Azul. Revista Brasileira de Administração Científica, [s. l.], v. 8, n. 1, p. 204–220, 2016.

CONKE, L, S. S. Estratégia na História Teorias e ferramentas estratégias explicadas a partir dos fatos históricos do século XX. IV Encontro de Estudos em Estratégias. Recife. 21-23 jul. 2009.

FLEURY, A, C, C. FLEURY, M, T, L. Estratégias competitivas e competências essenciais: perspectivas para a internacionalização da indústria no brasil. Gestão e Produção. V.10, n.2, p.129-144. ago. 2003.

JUSSANE, A, C; KRAKAUER, P, V. C; POLO, E, F. Reflexões sobre a estratégia do oceano azul: uma comparação com as estratégias de Ansoff, Porter e Hax & Wilde. Future Studies Research Journal. São Paulo, v.2, n. 2, p. 17-37, 2010.

KIM, W. C.; MAUBORGNE, R.. A estratégia do oceano azul:como criar novos mercados e tornar a concorrência irrelevante. Rio de Janeiro: Elsevier, 2005.

OLIVEIRA. D, P, R. Planejamento Estratégico. 23. ed. – São Paulo : Atlas, 2007.

OLIVEIRA, L. A estratégia organizacional na competitividade: um estudo teórico.REAd.v.10,n.4. jul/ago. 2004.

PORTER, M. Estrategia competitiva. Elsevier Brasil, 2004.

RAPÔSO, C. F. L .et al. GESTÃO DA QUALIDADE E DA PRODUÇÃO: Análise comparativa entre o PDCA e o DMAIC. RACE-Revista da Administração, v. 4, p. 147-153, 2019a.

RAPÔSO, C. F. L .et al. LGPD-LEI GERAL DE PROTEÇÃO DE DADOS PESSOAIS EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO: Revisão Sistemática. RACE-Revista da Administração, v. 4, p. 58-67, 2019b.

RAPÔSO, C. F. L . SILVA, M. L. GESTÃO DA QUALIDADE E DA PRODUÇÃO: integração de técnicas avançadas e suas aplicabilidades na indústria moderna. Revista Científica Do Instituto Ideia, Rio de Janeiro, 2017.

TREPTOW, I. C. ; KNEIPP, J. M. ; DRAGO, H. F. . A influência da inovação como elemento de mudança no posicionamento estratégico. In: 6º Forum Internacional Ecoinovar, 2017, Santa Maria. 6º Forum Internacional Ecoinovar, 2017.

Publicado
2019-12-28