EMPREENDEDORISMO SOCIAL NO BRASIL: PANORAMA CONTEMPORÂNEO, DESAFIOS E PERSPECTIVAS

  • José Kleber Ivo Centro Universitário - CESMAC
  • Thiago Alves Pimentel Centro Universitário - CESMAC
Palavras-chave: Empreendedorismo, Empreendedorismo Social, Desafios e Perspectivas

Resumo

Este referido artigo buscou como objetivo promover o conhecimento no tema Empreendedorismo Social no Brasil, procurando entender todo o cenário que envolve o empreendedor social. No entanto são abordados os desafios, perspectivas, o panorama que compõem esta temática e as diferenças entre responsabilidade social e empreendedorismo social. Além disto, foram citados também na pesquisa alguns conceitos de empreendedorismo, tal qual sua importância e peculiaridades. Por fim deve-se salientar que o tema é uma oportunidade impar para o crescimento econômico e atribui uma nova roupagem ao sistema capitalista atual, onde os negócios sociais não só visam o lucro mais sim impactar as sociedades.

 

Referências

ANDRADE, M.; LAKATOS E. M. Metodologia Científica. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2011.

. Técnicas de Pesquisa. 6 ed. São Paulo: Atlas, 2007. Disponível em:< http://www.labev.uerj.br/textos/tecnicas-pesquisa_pesquisa-bibliografica.pdf>. Acessado em: 13 mar. 2019 15:27:19

BARKI, E.. Negócios de Impacto: tendência ou modismo?. Rev. Da fundação Getulio Vargas, v.14, n.1, 14-17, jan./jun.. 2015. Disponível em: Acessado em: 24 abr. 2019, 13:18:21

EMPREENDEDORISMO de Impacto Social cresce no Brasil. Por Agência Brasil, 2018. Disponível em: Acessado em: 28 abr. 2019,15:30:22

GLOBAL ENTREPENEURSHIP MONITOR. Relatório Global 2018/2019.
2018. Disponível em: . Acessado em: 08 mai. 2019, 16:00:15

HOLLERBACH, L; et al.2° Mapa de Negócios de impacto. In Pipe.Social, 2, 2019, 217. Disponível em: . Acessado em: 08 mai. 2019, 15:23:00
IRANZO, A. C.; et al. Responsabilidade Social das Empresas. v.5. São Paulo: Peirópoilis: Instituto Ethios, 2006. Disponível em:. Acessado em: 03 abr. 2019, 08:27:34

MARQUES, E. O.; Empreendedorismo Social no Brasil: atual configuração, perspectivas e desafios. Revista da FAE, Curitiba, v.7, n.2, 9-18, jul./dez. 2004. Disponível em:. Acessado em: 08 abr. 2019, 16:06:10.

MEIRA, A. V.; GUILLERMO, A. R. V. Modelo de ciclo de vida de empreendimentos sociais, Rio de Janeiro, v.4, n.4, p.1038-1058, jul./ago. 2012.Disponívelem: Acessado em: 24 abr. 2019, 16:03:38

PARENTE, C.; COSTA, D.; SANTOS, M.; RITO, R. C. Empreendedorismo social: contributos teóricos para a sua definição. In: Encontro Nacional de Sociologia Industrial, das Organizações e do Trabalho, 15, 2011, Lisboa, 268-282.Disponível em:. Acessado em: 20 mar. 2019, 16:00:05

ROSOLEN, T.; PELEGRINI, G. T, MARIA G. C. Empreendedorismo social e Negócios sociais: um estudo bibliométrico da publicação nacionalinternacional. Revista Rigs, Bahia, v.3, n.1, 86-105, jan./abr. 2014. Disponível em:.Acessado em: 10 abr. 2019, 13:02:09

RUGGERI, R. G. Gerenciamento de Projetos no Terceiro Setor. Rio de Janeiro: Brasport, 2011. Disponível em: Acessado em: 30 mai. 2019, 23:03:12

VIEIRA, A. S.; Como empreendedores sociais constroem e mantêm a sustentabilidade de seus empreendimentos. 64. Dissertação apresentada à escola brasileira de administração pública e de empresas para obtenção do grau de mestre – Rio de Janeiro, 2009. Disponível em:. Acessado em: 16 mar. 2019, 13:57:23
Publicado
2019-12-30