Investigação Experimental de um Produto Educacional: um jogo matemático desenvolvido a partir do conceito intuitivo de probabilidades

  • Edel Alexandre Silva Pontes Instituto Federal de Alagoas
  • Janaina Rodrigues de Miranda Universidade Federal de Alagoas
  • Janaine Ferreira dos Santos Universidade Federal de Alagoas
  • Mateus Batista Ferreira Instituto Federal de Alagoas
  • Mayara dos Santos Soares Instituto Federal de Alagoas
  • Rayane Correia dos Santos Instituto Federal de Alagoas
  • Rita de Kassia Ferrari Sobrinho Universidade Federal de Mato Grosso
Palavras-chave: Jogos matemáticos. Ensino e Aprendizagem de matemática. Probabilidades

Resumo

Diversas pesquisas em educação matemática são realizadas, anualmente, no intuito de apresentar novas metodologias para o ensino de matemática na educação básica. Este trabalho objetivou apresentar uma proposta pedagógica para o ato de ensinar e aprender matemática, através de um jogo matemático, pertencente a um produto educacional produzido pelo grupo de pesquisa GALC, chamado jogo de dados de seis faces para probabilidades, cujo pré-requisito para seu entendimento é a ideia intuitiva de probabilidades. Metodologicamente, a pesquisa experimental foi realizada com seis alunos voluntários do curso técnico em informática do Instituto Federal de Alagoas – Campus Rio Largo, da qual sua finalidade era dispor o emprego do jogo para os envolvidos, de maneira que eles pudessem explicar matematicamente os resultados observados e esperados do jogo. Os resultados obtidos foram extremamente satisfatórios e causaram bastante curiosidade dos envolvidos na busca pela solução ótima. Espera-se que este trabalho possa significar uma proposta incentivadora a outros educadores e pesquisadores para o fortalecimento de ensinar e aprender matemática através de novas metodologias, particularmente por jogos.

 

Referências

AGUIAR, Eliane Vigneron Barreto. As novas tecnologias e o ensino-aprendizagem. VÉRTICES, Rio de Janeiro, v. 10, p. 63-71, 2008.

ASCOLI, Cleonice Claudete Brancher; BRANCHER, Vantoir Roberto. Jogos matemáticos: algumas reflexões sobre os processos de ensino e aprendizagem. Acedido em, v. 17, 2006.

DA SILVA, Aparecida Francisco; KODAMA, Helia Matiko Yano. Jogos no ensino da Matemática. II Bienal da Sociedade Brasileira de Matemática, p. 1-19, 2004.

FIORENTINI, Dario et al. Uma reflexão sobre o uso de materiais concretos e jogos no Ensino da Matemática. Boletim da SBEM-SP, v. 4, n. 7, 1990.

MOURA, Paula Cristina; VIAMONTE, Ana Júlia. Jogos matemáticos como recurso didáctico. Revista da Associação de Professores de Matemática, Lisboa, 2006.

PONTES, Edel Alexandre Silva. INDAGAÇÕES DE UM PROFESSOR-PESQUISADOR SOBRE O PROCESSO ENSINO E APRENDIZAGEM DE MATEMÁTICA NA EDUCAÇÃO BÁSICA. RACE-Revista da Administração, v. 2, p. 11-20, 2018.

PONTES, Edel Alexandre Silva. Modelo de ensino e aprendizagem de matemática baseado em resolução de problemas através de uma situação-problema. Revista Sítio Novo, v. 2, n. 2, p. 44-56, 2018.

PONTES, Edel Alexandre Silva; DA SILVA, Luciano Martins. Aritmética modular na interpretação de sistemas codificados no processo de ensino e aprendizagem de matemática. Revista de Ciência e Inovação, v. 5, n. 1, 2020.

PONTES, Edel Alexandre Silva; PONTES, Edel Guilherme Silva. Isomorfismo Básico Estrutural na Resolução de Problemas: A Similaridade entre a equação x+ y+ z= 15, o Jogo da Velha e o Quadrado Mágico no Processo de Ensino e Aprendizagem de Matemática. Revista Psicologia & Saberes, v. 9, n. 17, p. 31-38, 2020.

PONTES, Edel Alexandre Silva et al. Verificação Experimental de um Produto Educacional: um jogo matemático desenvolvido a partir da ideia intuitiva de uma progressão aritmética. Revista Psicologia & Saberes, v. 9, n. 18, p. 114-122, 2020.

TAVARES, Romero. Aprendizagem significativa. Revista conceitos, v. 10, p. 55-60, 2004.
Publicado
2020-06-12