Gestão Escolar: Drogas como tema transversal

  • Kamila Lima de Macedo Instituto Federal de Educação, Ciencia e Tecnologia do Piauí - campus Parnaíba
  • Luana Crys Silva de Souza Instituto Federal de Educação, Ciencia e Tecnologia do Piauí - campus Parnaíba
  • Maria Durciane Oliveira Brito Universidad Tecnológica Intercontinental - UTIC
  • Cecília Sávia Oliveira Aguiar Instituto Federal de Educação, Ciencia e Tecnologia do Piauí - campus Parnaíba
  • Wellington Silva Aguiar Instituto Federal de Educação, Ciencia e Tecnologia do Piauí - campus Parnaíba
Palavras-chave: Drogas. Escola. Jovens. Estudantes.

Resumo

O abuso de álcool e outras drogas é um dos principais problemas a saúde pública, além de ser comum observar, que muitos jovens e adolescentes inseridos no âmbito escolar estão envolvidos com drogas. Ademais, em 2005 no Brasil 12,5% das pessoas com idade entre 12 e 65 anos eram consideradas dependente de álcool e analisou-se que o início do consumo entre essas pessoas era cada vez mais precoce. A partir disso, a presente pesquisa buscou coletar dados a respeito da presença das drogas nas escolas da esfera Municipal de ensino da rede pública de Parnaíba-PI. Participaram da pesquisa professores e gestores efetivos das escolas. O instrumento utilizado para a coleta de dados foi uma entrevista semiestruturada, com o intuito de obter informações a partir da experiência profissional dos pesquisados. Durante a entrevista, os sujeitos relataram suas experiências perante a realidade das drogas, onde foi evidenciado durante a pesquisa que ao lidar com o tema “drogas” é uma situação delicada, pois diante das situações complicadas é necessário saber como intervir sem utilizar força maior, além disso, a forma como é feita a abordagem ao aluno irá influenciar na permanência do mesmo na escola. Nesse sentido, obteve-se resultados satisfatórios, pois durante o desenvolvimento da pesquisa foi possível evidenciar por meio das entrevistas os esforços e as estratégias utilizadas para minimizar o abuso de drogas lícitas e ilícitas pelos estudantes no âmbito escolar.

 

Biografia do Autor

Kamila Lima de Macedo, Instituto Federal de Educação, Ciencia e Tecnologia do Piauí - campus Parnaíba

Graduanda em Licenciatura em Química no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia – IFPI – Campus Parnaíba- PI. 

Luana Crys Silva de Souza, Instituto Federal de Educação, Ciencia e Tecnologia do Piauí - campus Parnaíba

Graduanda em Licenciatura em Química no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia – IFPI – Campus Parnaíba- PI. 

Maria Durciane Oliveira Brito , Universidad Tecnológica Intercontinental - UTIC

Mestranda em Ciências da Educação (UTIC); Graduada em Pedagogia (UFPI); Especialista em LIBRAS (INTA) e (UFPI); Especialista em Educação Infantil (ISEPRO); Especialista em Psicopedagogia clínica, institucional, hospitalar (FIAR), Graduanda em Letras LIBRAS (UNIASSELVI). 

Cecília Sávia Oliveira Aguiar, Instituto Federal de Educação, Ciencia e Tecnologia do Piauí - campus Parnaíba

Graduanda em Licenciatura em Química no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia – IFPI – Campus Parnaíba- PI. 

Wellington Silva Aguiar, Instituto Federal de Educação, Ciencia e Tecnologia do Piauí - campus Parnaíba

Graduando em Licenciatura em Química no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia – IFPI – Campus Parnaíba- PI. 

Referências

ARALDI, J.C. et al. Teachers’ social representations of abusive use of alcohol and other drugs during adolescence: repercussions on preventive actions in schools. Interface - Comunic., Saude, Educ., v.16, n.40, p.135-46, 2012.

BAHLS, F. R. C. Desenvolvimento escolar e abuso de drogas na adolescência. p. 395-402. Campinas: Estudos de Psicologia, 2005.
BERTOLOTE, J. M.; SECRETARIA NACIONAL DE POLÍTICAS SOBRE DROGAS. Glossário de álcool e drogas. Brasília: Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas, 2010.
CARDOSO, L. R. D. MALBERGIER, A. Problemas escolares e o consumo de álcool e outras drogas entre adolescentes. v. 18. n. 1. p. 27-34. Paraná; Psicologia Escolar e Educacional, 2014.
CEBRID – Centro Brasileiro de Informações sobre Drogas Psicotrópicas. VI Levantamento Nacional sobre o Consumo de Drogas Psicotrópicas entre Estudantes do Ensino Fundamental e Médio das Redes Públicas e Privada de Ensino nas 27 Capitais Brasileiras-2010. São Paulo: UNIFESP- Universidade Federal de São Paulo, 2010.
DA SILVA, K. L. et al. Reflexões acerca do abuso de drogas e da violência na adolescência. n. 3. p. 605-610. Rio de janeiro: Escola Anna Nery Revista de enfermagem, 2010.
FONSECA, M. S. Como prevenir o abuso de drogas nas escolas? v. 10, n. 2, p. 339-341, Campinas: Scielo, 2006. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1413-85572006000200018&script=sci_arttext&tlng=es. Acesso: 28 nov. 2019.
GALDURÓZ, J. C. F. V levantamento sobre o uso de drogas entre estudantes do ensino fundamental e médio: 27 capitais brasileiras. São Paulo: CEBRID-Centro de informações sobre drogas psicotrópicas, 2004.
GIL, A. Como elaborar um projeto de pesquisa. 5 ed. São Paulo: Atlas, 2002.
JESUS, I. S. et al. Perception of basic education students about drugs: a look at the light of Merleau-Pont. Revista gaúcha de enfermagem, v. 38, n. 4, 2017.
JUNIOR, A. L. Enfoque contextual das drogas: aspectos biológicos, culturais e educacionais. Drogas na escola. Summus editorial, 1988.
HORTA, R. L. et al. Prevalência e condições associadas ao uso de drogas ilícitas na vida: pesquisa nacional de saúde do escolar 2015. Revista Brasileira de Epidemiologia, v. 21, 2018.
LEITE, E. A. F. Drogas, concepções, imagens: um comentário sobre dependência a partir do modelo usual de prevenção. Annablume, 2005.
LONGENECKER, G. L. Como agem as drogas. 1988. Disponível em: http://www.drbarto.com.br/o-alcool-na-infancia-e-na-adolescencia.html. Acesso em: 19 nov. 2019.
SILVA, C. M. Drogas dentro do Espaço escolar: um estudo sobre como a escola de aplicação. 2016. 63f. Dissertação apresentada à Faculdade de Filosofia, Letras e Ciência Humanas da Universidade de São Paulo para obtenção do título de bacharelado em Geografia, São Paulo, 2016.
SOARES, C. B.; JACOBI, P. R. Adolescentes, drogas e aids: Avaliação de um programa de prevenção escolar. n. 109, p. 213-237. São Paulo: Caderno de Pesquisa, 2000.
Publicado
2020-12-31