Educação Inclusiva: noções de orientação e mobilidade nas aulas de Educação Física Escolar

  • Daniel Guilherme Marquezani Silva Governo do Estado do Amapá
  • Jonielson Góes da Silva Universidade Paulista – UNIP Macapá
Palavras-chave: Deficiência visual. Orientação e mobilidade. Educação Física.

Resumo

A deficiência visual, caracterizada como cegueira ou baixa visão, é a perda da acuidade visual, causando uma limitação de percepção de estímulos através dos olhos e, frequentemente, resulta em prejuízos cognitivos, emocionais, sociais e, sobretudo, funcionais.  Este artigo tem como objetivo analisar a importância do desenvolvimento de noções de orientação e mobilidade nas aulas de Educação Física Escolar, uma vez que essa disciplina possui, como objeto de aprendizagem, o movimento, visando a autonomia e o desenvolvimento integral de alunos com deficiência visual. Com base na pesquisa bibliográfica, como fonte primária de pesquisa, e conceitos de autores que caracterizam essa deficiência, seguindo com a identificação das noções de orientação e mobilidade e, por fim, associamos a importância do desenvolvimento de tais vivências no ambiente das aulas de Educação Física Escolar. Nesta perspectiva, conclui-se que é essencial o desenvolvimento de noções de orientação e mobilidade nas aulas de Educação Física Escolar, uma vez que a falta de estímulos motores compromete diretamente a interação do indivíduo com o ambiente, favorecendo o atraso do seu desenvolvimento e o sentimento de incapacidade e insegurança.

 

Referências

BARBER, P. O.; LEDERMAN, S. J. Encoding Direction in Manipulatory Space and the Role of Visual Experience. Journal of Visual Impairment & Blindness, p.99-106, mar., 1988.
COSTA, C. S. L. et al. Análise do conceito de deficiência visual: considerações para a prática de professores. In: COSTA, M. P. R. (Org.) Educação Especial: aspectos conceituais e emergentes. São Carlos: EDUFSCar, 2009, p. 47-62
FAYE, E.; BARRAGA, N.C. The low vision patient. Grune e Stratton, 1985.
JUNIOR, W. R.; SANTOS, L. J. M. Judô como atividade pedagógica desportiva complementar em um processo de orientação e mobilidade para portadores de deficiência visual. EFDeportes.com, Revista Digital. Bueno Aires, Nº 35, 2001. Disponível em: http://www.efdeportes.com/efd35/judo.htm; Acessado em: 22/05/2020.
MINETTO, M. F. O currículo na educação inclusiva: entendendo esse desafio. 2ª ed. Curitiba: IBPEX, 2008.
PEDRINELLI, V. J. Educação Física Adaptada: Conceituação e Terminologia. In:
Educação Física e Desporto para Pessoas Portadoras de Deficiência. Brasília: MECSEDES, SESI-DN, 1994, p. 7-10.

WOJNACK, D. Orientação e Mobilidade para as pessoas Visualmente Deficientes com Desvantagens Adicionais. Vinã Del Mar, Chile [s.n], 1989.
Publicado
2020-12-31