A Afirmação da Inteligência Feminina como Requisito imprescindível da Dignidade Humana

  • Maria Cristinne Pereira Seixas Universidade Federal de Alagoas
  • Maria das Graças Leopardi Gonçalves Universidade Federal de Alagoas
  • Jenner Barretto Bastos Filho Universidade Federal de Alagoas
Palavras-chave: Afirmação da inteligência feminina, Protagonismo feminino, Dignidade humana

Resumo

Analisamos o tema da afirmação legítima da inteligência feminina enquanto requisito imprescindível da dignidade humana. Quatro contextos são panoramicamente considerados: 1) o assassinato da filósofa e matemática Hipácia ocorrido na segunda década do século V; 2) os pareceres de um escritor brasileiro sobre duas escritoras feministas da primeira metade do século XX; 3) aspectos da carreira acadêmica de uma filósofa brasileira na segunda metade do século XX; 4) obstáculos enfrentados por uma brilhante cientista na primeira metade do século XX. Ressaltamos suas diferenças bem como suas identidades. Para se ter um quadro abrangente do problema, devem ser enfatizados tanto a excelência intelectual feminina quanto os obstáculos a serem superados para sua afirmação.

 

Referências

AREAS, Roberta; BARBOSA, Márcia; SANTANA, Ademir, Teorema de Emmy Nöther, 100 Anos: Alegoria da Misoginia em Ciência, Rev. Bras. Fis. Vol. 41, n0 4, 2019, DOI: http://dx.doi.org/10.1590/1806-9126-RBEF-2019-0017
BAGGIO SAITOVITCH, Elisa Maria; ZUKANOVICH FUNCHAL, Renata; BERNARDES BARBOSA, Márcia Cristina; RUBIM DE PINHO, Suani Tavares; EUGÊNIO DE SANTANA, Ademir (Orgs.). Mulheres na Física: casos históricos, panoramas e perspectivas. São Paulo: Editora Livraria da Física, 2015
BÍBLIA DE JERUSALÉM. Primeira Epístola aos Coríntios. São Paulo: Edições Paulinas, 1985, p. 2147-2172.
BRASIL. Lei Maria da Penha (o primeiro link é a da lei original e o segundo link remete para alterações em relação à lei original)
https://www.institutomariadapenha.org.br/assets/downloads/lei-11340-2006-lei-maria-da-penha.pdf
https://www.in.gov.br/en/web/dou/-/lei-n-14.022-de-7-de-julho-de-2020-265632900
CHAUÍ M., Em defesa da educação pública, gratuita e democrática, Homero Santiago (Org.), Belo Horizonte: Autêntica Editora - Escritos de Marilena Chauí-, Vol. 6, 2018
FOUCAULT M., O significado da palavra Parrhesia, Prometeus, Filosofia em Revista, Universidade Federal de Sergipe, ano 6, n. 13, edição especial, 2013
JAEGER, W. Paideia: los ideales de la cultura griega. México: Fondo de Cultura Econômica [tradução do espanhol do original em alemão Paideia, die Formung des grieschischen Menschen, 1957]
JEANS, J. Historia de la Física, Mexico, Buenos Aires, Fondo Cultura Económica, 1953.
PEREIRA SEIXAS, Maria Cristinne, Mulheres na Ciência: Os livros didáticos da Física contemplam o papel da mulher na ciência? TCC apresentado ao Instituto de Física da Universidade Federal de Alagoas, Maceió, Alagoas, Brasil, 2018
PEREIRA SEIXAS, Maria Cristinne; LEOPARDI GONÇALVES, Maria das Graças; BASTOS FILHO, Jenner Barretto. O Caso Hipácia: (Re) interpretação à Luz de Quatro Grandes Ideias Gregas, Vitruvian Cogitationes, v. 1, n0 1, p. 99-115, 2020. Disponível em: https://rvc.inovando.online/uploads/artigos/99-115-artigo-ufal-ok¬_-arquivo7_10029506.pdf
RESENDE, B. (Org.) Lima Barreto. Impressões de leitura e outros textos críticos, organização e introdução de Beatriz Resende, São Paulo: Companhia das Letras, 1a edição, 2017
RIBEIRO FILHO, A. Emmy Nöther, a cientista que o mundo não poderá esquecer, e a física-matemática In: BAGGIO SAITOVITCH, Elisa Maria; ZUKANOVICH FUNCHAL, Renata; BERNARDES BARBOSA, Márcia Cristina; RUBIM DE PINHO, Suani Tavares; EUGÊNIO DE SANTANA, Ademir (Orgs.). Mulheres na Física: casos históricos, panoramas e perspectivas. São Paulo: Editora Livraria da Física, 2015, p. 31
RONCHEY, S. Ipazia: La Vera Storia, Milão: RCS Libri S. p. A, Rizzoli,
Publicado
2021-01-22