Aplicação das Ciências da Natureza em Materiais de Baixo Custo

  • Karine Garcia Matos Secretaria de Educação do Estado de Alagoas – SEDUC-AL
Palavras-chave: Ciências. Tecnologia. Inovação. Economia.

Resumo

Atualmente a educação mundial perpassa momentos difíceis, pois, por conta da pandemia do novo coronavírus, todos precisamos manter o isolamento social, recomendado pelas organizações de saúde e com isso os alunos não podem ter aulas presenciais. Nessa perspectiva, foi criado um modelo de aulas chamado ‘ensino remoto’ que se refere a uma atividade que pode ser considerada uma solução temporária para continuar as atividades pedagógicas e tem como principal ferramenta a internet, evitando que os estudantes percam a rotina dos estudos. Este projeto tem como propósito discutir e aplicar os conhecimentos de Ciências da Natureza, utilizando as Novas Tecnologias e materiais de baixo custo; que são materiais que encontramos dentro de casa. Tendo em vista que encontramo-nos em uma pandemia, que além da falta de recursos financeiros para produzir materiais, temos também que cumprir um isolamento social (devido ao vírus covid-19), evitando sair de casa para comprar qualquer coisa, além de, gerar economia para a família. Dessa forma, durante os estudos remoto na pandemia, os alunos tiveram que inovar e reinventar várias formas de aplicar os conhecimentos de Ciências da Natureza criando protótipos com materiais de baixo custo. O trabalho com as tecnologias e a produção de protótipos com materiais de baixo custo, possibilitou várias maneiras de aplicar os conhecimentos de ciências da natureza, permitindo que o processo de ensino e aprendizagem seja dinâmico, atraente, criativo e que os alunos sejam o protagonista do processo.

 

Referências

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. 2018.

MERCADO, Luiz Leopoldo. Formação continuada de professores e novas tecnologias. Maceió: EDUFAL, 1999.

MORAN, J. M. Ensino e Aprendizagem inovadores com tecnologias áudio-visuais e telemáticas. In: MORAN, J. M.; MASETTO, M. T.; BEHRENS, M. A. Novas Tecnologias e mediação pedagógica. Campinas: Papirus, p. 11-65, 2000.

PONTE, J. P. Tecnologias de informação e comunicação na educação e formação de professores. Que desafios? Revista Ibero-Americana de Educação, 2000.

SILVA, Edsom Rogério. O Ensino Híbrido no Contexto das Escolas Públicas Brasileiras: Contribuições e Desafios. Revista Porto das Letras, Vol. 03, Nº 01. 2017.
Publicado
2021-02-07