A Contribuição do Profissional de Educação Física em Equipe Multiprofissional para Recuperação de Pacientes pós Covid 19

  • Alcides Lopes Maranhão Filho Secretaria Municipal de Saúde de Iranduba - AM
Palavras-chave: Covid 19, Educação Física, Saúde

Resumo

Este artigo intitulado “A contribuição do profissional de educação física em equipe multiprofissional para recuperação de pacientes pós covid 19” realiza uma contextualização da prática desse profissional e sua inserção na área da saúde. Neste sentido, tem por objetivo compreender as contribuições do educador físico diante sua inserção nas equipes multiprofissionais que fazem acompanhamento dos pacientes em recuperação da Covid 19. Busca-se refletir quais estratégias da prática do educador físico e suas especificidades para promoção da saúde no território. Observa-se que, na atualidade, os profissionais de educação física estão inseridos nos Núcleos de Atenção Saúde da Família – NASF e outras instituições de saúde, onde esse profissional através de sua prática tem trazido muitas contribuições para promoção, recuperação e reabilitação da saúde da população do seu território. Nesta pesquisa, utilizou-se o percurso metodológico de pesquisa bibliográfica, onde foi realizada a seleção e análise bibliográfica de artigos, teses, revistas eletrônicas, jornais, noticiários em portais eletrônicos e legislação que abordam a temática escolhida. Neste sentido, foi possível apontam-se alguns resultados parciais que sinalizam para a importância do profissional educador físico na recuperação de pacientes com Covid 19. Neste sentido, verificou-se que, a importância das atividades físicas no processo de recuperação dos pacientes com Covid 19, onde tais práticas devem ser acompanhadas por profissionais especializados. Por fim, observou-se a necessidade de uma equipe multiprofissional articulada e comprometida para a promoção e recuperação efetiva da saúde dos pacientes acometidos pela patologia do Covid 19. 

 

Biografia do Autor

Alcides Lopes Maranhão Filho , Secretaria Municipal de Saúde de Iranduba - AM

Bacharel em Educação Física. Licenciado em Educação Física. Especialista em Educação Física Escolar

Referências

ARAÚJO, Andressa. ROSA, Leonardo. O profissional de educação física na saúde coletiva: inserção no RS. Caderno pedagógico, Lajeado, v. 14, n. 2, p. 99-109, 2017. ISSN 1983-0882.

BRASIL. Constituição Federal da Repúbica. Brasília: Câmara Federal, 1988.

GOMES, Bernardo. PAULA, Wenderson. Efeitos do exercício físico na prevenção e atenuação da severidade dos sintomas e na reabilitação de indivíduos infectados por Sars-Cov-2. Brasília: UniCEUB, 2020.

FYDRISZEWSKI, Gabriela. O papel do profissional de educação física na recuperação de indivíduos infartados: opinião de médicos cardiologistas. Santa Rosa: UNIJUÍ, 2014.

MARTINS, Lilian. SOEIRO, Renato. Exercício físico e Covid-19: aspectos de saúde, prevenção e recuperação: uma breve revisão narrativa. Revista Educação Física, Vol 89, 2020.

MARTINS, Welton Alves et al. LICENCIADOS EM EDUCAÇÃO FÍSICA ATUANTES NA ÁREA DO BACHAREL: UM ESTUDO NAS CIDADES DA SERRA GERAL DE MINAS GERAIS. RACE-Revista de Administração do Cesmac, v. 4, p. 204-228, 2019.

NOGUEIRA, Carlos et al. Precauções e recomendações para a prática de exercício físico em face do COVID-19: uma revisão integrativa. São Paulo: ORCID, 2020.

PACHECO, Rafael. SOARES, Maria. A atuação do profissional de Educação Física em equipes multidisciplinares da saúde pública e privada. Ensaios & Diálogos, Rio Claro, v. 9, n. 1, p. 139-158, jul./dez. 2016.

TAVARES, Adriano. PINTO, Ricardo. O professor de educação física no programa saúde da família (PSF). Belém: UEPA, 2011.

TAVARES, Francisco. SANTOS, Silvia. O exercício físico e a Covid-19: Quando o trabalho conduz ao Sedentarismo e substitui a Atividade Física. Rev. on Line Mult. Psic. V.14, N. 51 p. 1084-1095, Julho/2020 - ISSN 1981-1179.
Publicado
2021-05-11