A INFLUÊNCIA DA CRIANÇA NO PODER DE COMPRA DE UMA FAMÍLIA: O QUÃO IMPORTANTE É A EDUCAÇÃO FAMILIAR NO CONSUMO

  • Alberto Mário Mafra Netto Centro Universitário CESMAC
  • Inêz Carneiro Barbosa Centro Universitário CESMAC
Palavras-chave: Publicidade Infantil, Propaganda, Marketing Digital, Psicologia

Resumo

O referido artigo possui como objetivo analisar o novo comportamento dos consumidores diante das novas tendências que a publicidade recebe pela influência do público infantil, atribuindo a ingerência da psicologia, com suas técnicas de abordagens como fatores importantes nessa busca incansável pelo consumo. O crescimento no mercado on-line, a facilidade de acesso por parte das crianças ao mundo digital. Novas posturas e novas formas de diálogos são colocadas em práticas. Marcas, empresas e serviços investem e estão cada vez mais inseridas nesse processo, interagindo com esse público, promovendo experiências e assumindo novas estratégias de comunicação. A publicidade tradicional não detém mais o mesmo poder em engajar e trazer resultados como na década passada. Novas formas de diálogos surgiram. Novos meios de gerar audiência e está mais próximo ao público-alvo. Novas regulamentações vieram, fazendo com que as agências de publicidade se adequassem e passassem a promover campanhas sob a ótica da ética como ponto de partida, procurando comunicar de forma correta, sem apelações de forma lúdica. Unir o planejamento de comunicação com estratégias no cenário digital, por exemplo, é o que faz da nova publicidade tão mais viva, realista e imediatista. O cenário digital, o marketing de conteúdo e os influenciadores digitais também desempenham um papel importante e de fundamental importância na nova forma de relacionamento. É mais do que apenas comunicar-se. Afinal, estamos falando de crianças, e devemos preservá-las para se tornarem adultos conscientes, saudáveis e a cima de tudo sustentáveis. Palavras-chave: Publicidade Infantil. Influência. Propaganda. Marketing Digital. Psicologia

Referências

BAUMAN, Z. Vida para consumo. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2008.

CUNHA, Dener. A importância de utilizar a publicidade e propaganda, 2009. Disponível em:. Acesso em: 20 de abril de 2018.

FERREIRA, M. O papel da família na educação para o consumo consciente. Disponível em: http://www.administradores.com.br/noticias/cotidiano/o-papel-da-familia-na-educacao-para-o-consumo-consciente/103623/. Acesso em : 21 de Abril de 2018. Acesso em : 21 de Abril de 2018.

FONTENELE, I. A. Psicologia e marketing: da parceria à crítica. Arquivos Brasileiros de Psicologia, 60(2), p. 143-157, 2008.

GIL, A. C.. Métodos e técnicas de pesquisa social. 5. ed. São Paulo: Atlas, 1999.

INSTITUTO BRASILEIRO DE DEFESA DE CONSUMIDOR. Idec e Alana cobram posicionamento do governo pela regulação da publicidade à crianças. 2012. Disponível em: https://idec.org.br/o-idec/sala-de-imprensa/release/idec-e-alana-cobram-posicionamento-do-governo-pela-regulaco-da-publicidade-a-criancas. Acesso em : 21 de Abril de 2018.

KOTLER, P. Marketing 4.0: Mudança do tradicional para o digital, Coimbra: Conjuntura Actual, 2017.

KOTLER, P.; KELLER, K. L. Administração de Marketing. 12. ed. São Paulo: Pearson Prentice hall, 2006.

LAKATOS, E. M.; MARCONI, M. A. Metodologia do Trabalho Científico. São Paulo: editora Atlas, 2011.

LINO, K. M. S.; GONGALVES, M. F.; FEITOSA, S. L. Administração hospitalar por competência: o administrador como gestor hospitalar. Projeto (Pesquisa em Administração). Escola Superior da Amazônia. Administração, 2008.

MARQUES, J. P. Precisamos falar dos digital Influencers,2017.Disponível em:http://www.meioemensagem.com.br/home/opiniao/2017/10/26/precisamos-falar-dos-digital-influencers.html . Acesso em : 21 de Abril de 2018.

PEREIRA, L. S. Pequenos consumidores. Disponível em: https://www.cartacapital.com.br/educacao/carta-fundamental-arquivo/pequenos-consumidores. Acesso em : 21 de Abril de 2018.

SANT’ANNA, A. Propaganda: Teoria – Técnica – Prática, 8ª ed, rev. e ampl. São Paulo: Cengage Learning, 2013.

_____________ Propaganda: teoria – técnica – prática. 7ª. Ed. São Paulo: Pioneira, 2002.

_____________ Propaganda: teoria – técnica – prática. 3ª. Ed. São Paulo: Pioneira, 1998.

SANT’ANNA, A.; ROCHA JÚNIOR, I.; GARCIA, L. F. D.. Propaganda: teoria, técnica e prática. 8 ed. São Paulo: Cengage Learning, 2009.

SANTOS, L. C. S. dos. A tevê como meio de comunicação de massa de modelar crianças. Movendo Idéias. Belém, U.S, no. 8, p. 62-66, dez. 2000.

SOUZA, R. G. et al. Consumo Infantil: A Influência da Mídia no Desejo de Compra das Crianças. XIV Simpósio em Excelência em Gestão e Tecnologia, 2017.
Publicado
2019-04-09