BUSCA ATIVA DE HANSENÍASE: UM OLHAR PARA A SAÚDE ESCOLAR

  • Maria Lucélia da Hora Sales
Palavras-chave: Hanseníase. Sistema Único de Saúde. Agravo

Resumo

A hanseníase, um grande problema de saúde pública no Brasil, é uma doença infectocontagiosa crônica causada pelo Mycobacterium leprae, que acomete principalmente a população de baixa renda. A falta de conhecimento sobre a mesma tanto pelos cidadãos em geral, como pelos profissionais de saúde, faz com que, na maioria das vezes, o diagnóstico seja tardio, podendo acarretar problemas físicos, psicológicos, além do preconceito contra a doença. Deste modo, visando diminuir a prevalência de casos, foi desenvolvido no projeto de extensão “Agravos Negligenciados do SUS do CESMAC”, um conjunto de ações, incluindo a busca ativa,de casos, que possibilitaram o conhecimento, a detecção e a prevenção da doença na população beneficiada. A busca ativa foi realizada em uma Escola Estadual do município de Maceió. Foram detectados 3 casos suspeitos de Hanseníase os quais, foram encaminhados para as unidades de referência do programa, no sentido de avaliação criteriosa das lesões e fluxo epidemiológico dos casos identificados. Constatou-se que a hanseníase, continua sendo uma doença negligenciada pelo SUS, que merece uma atenção das autoridades sanitárias, para a implementação das ações de controle e, por parte do aparelho formador, investimento na formação e um olhar para os currículos, no sentidos de possibilitar a detecção precoce de cados suspeitos por parte dos profissionais de saúde.

Biografia do Autor

Maria Lucélia da Hora Sales
Possui graduação em Enfermagem e Obstetrícia pela Universidade Federal de Alagoas (1984), mestrado em Saúde Coletiva pela Universidade Federal de São Paulo-UNIFESP (2011). É Doutora em Educação pela UNIFESP. Atua como docente da Universidade Estadual de Ciências da Saúde-UNCISAL
Publicado
2017-11-06