Eficácia de limas ph6, nt1 e de um novo dispositivo na remoção de cálculo dentário da região de furca. Estudo in vitro.

  • Roberta Alves Pinto Moura Penteado CESMAC

Resumo

O objetivo deste estudo aleatório, cego, in vitro foi avaliar a eficácia da remoção de cálculo artificial na região de furca obtida por meio de três instrumentos manuais: as limas NT1 e PH6 e o protótipo do dispositivo alternativo. Sessenta dentes artificiais foram impregnados com uma mistura de adesivo instantâneo e pó de serra simulando o cálculo e divididos em três grupos, A (n=20), B (n=20) e C (n=20). Todos tiveram seu terço apical incluídos em base de gesso e em seguida simulou-se uma gengiva artificial com borracha de silicone limitada até a junção cemento-esmalte (JCE). A Instrumentação manual foi realizada aplicando o número de quinze golpes de acordo com o grupo, A (NT1), B (PH6) e C (Dispositivo alternativo). Antes e após a instrumentação, realizaram-se fotos padronizadas da área de furca, onde se mensurou por meio de um programa de análise de imagens (Image J) a quantidade de cálculo por milímetro quadrado (mm2) e calculou-se a quantidade de cálculo remanescente. As médias de cálculo antes e após a instrumentação foram comparadas intra-grupo com diferença significativa (p<0,05) e a quantidade de cálculo removido foi comparada entre-grupos apresentando comportamento semelhante (p>0,05). Conclui-se que os intrumentos manuais investigados apresentam eficácia semelhante na remoção de cálculo artificial na área de furca.

Publicado
2015-11-12