Lipoma: Relato de caso clinico

  • Sonia Maria Soares Ferreira CESMAC

Resumo

O lipoma da cavidade oral é um tumor benigno, composto de tecido adiposo, com origem mesenquimal, de crescimento lento, podendo ser séssil ou pedunculado. Clinicamente, o tumor é assintomático, e frequentemente são notados muitos meses ou anos antes do seu diagnostico. O caso relata um paciente do gênero masculino, 67 anos, melanoderma, que procurou a clinica de estomatologia, bloco I no posto de saúde da cidade de Maceió - Al, durante a anamnese o paciente relatou que aproximadamente há 6 meses surgiu uma lesão em mucosa julgal que vem aumentando de volume sem sintomatologia. Durante o exame intra bucal notou-se uma lesão do tipo nódulo de coloração normal, indolor, consistência firme, superfície normal, solitária, com localização na mucosa julgal direita, medido 1cmx1cmx0,5cm. A conduta exercida foi a realização da biopsia excisional. O achado histopatológico mostrou fragmentos de neoplasia benigna de origem mesenquimal composta por adipócitos maduros envolto por uma discreta capsula de tecido conjuntivo fibroso. O diagnostico final foi de lipoma. No caso relatado, optou-se por realizar um tratamento conservador, o qual até o momento mostra-se efetivo. Torna-se importante, então, o correto diagnóstico da lesão por meio de exame físico e o histopatológico para que o prognóstico seja estabelecido. Dessa forma, é de grande valia que o profissional da área de saúde conheça essa patologia para que esta seja tratada de forma adequada. O lipoma é tratado pela excisão cirúrgica local conservadora e as recidivas são raras.

Publicado
2015-11-12