MUCOCELE EM LÁBIO INFERIOR: Relato de caso clínico.

  • Sonia Maria Soares Ferreira CESMAC

Resumo

Mucoceles são as lesões mais comuns de glândulas salivares menores. Correspondem, histologicamente, à fenômenos de extravasamentos ou de retenção de muco e estão, com frequência, associadas à situações de traumatismos, hábitos parafuncionais e à obstrução dos ductos excretores. Sua localização mais frequente é no lábio inferior, e embora seja assintomática na grande maioria dos casos, seu crescimento exofítico pode acarretar em desconforto durante a alimentação e a fala, além de comprometimento estético e desenvolvimento de hábitos deletérios. Paciente J.R.D.S., 28 anos, leucoderma, portador de Paralisia Cerebral, compareceu à Clínica de Odontologia do CESMAC queixando-se de um “caroço no lábio”. Ao exame clínico, verificou-se nódulo de coloração normocrômica em mucosa de lábio inferior direito e móvel à palpação. Realizou-se biópsia excisional no local. Ao exame histopatológico, confirmou-se a hipótese clínica de mucocele, observou-se cavidade circunscrita envolta por tecido de granulação com mucina livre, infiltrado de leucócitos polimorfonucleares, linfócitos e plasmócitos. O tratamento consistiu em biópsia excisional. A mucocele é uma lesão benigna da cavidade bucal relativamente comum. Causada pelo extravasamento salivar no tecido conjuntivo consequente do rompimento do ducto de uma glândula salivar. Normalmente é tratada por biópsia excisional pela técnica de enucleação cirúrgica.

 

Publicado
2015-11-12