COMPARAÇÃO CLÍNICA DA MICROBIOTA, TEMPO DE TRATAMENTO E SENSIBILIDADE DOLOROSA ENTRE DOIS MÉTODOS DE REMOÇÃO DE CÁRIE: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA.

  • Karlla Almeida Vieira Centro Universitário Cesmac

Resumo

Introdução: O gel Papacárie inovou a remoção químico mecânica da cárie pela sua facilidade de execução proporcionando o uso dessa técnica em locais de difícil acesso, porém ainda não existe integração das informações dos estudos referentes a esse gel que possibilitem resultados para uma prática baseada em evidências científicas. Objetivos: Realizar uma revisão sistemática de ensaios clínicos controlados randomizados encontrados na literatura que o Papacárie® comparando com o método convencional/instrumento rotatório. Materiais e métodos: Realizada pesquisa nas bases de dados PubMed(Medline), Biblioteca Cochrane, EMBASE,LILACS,SCIELO, BIREME E GOOGLE ESCOLAR para identificar estudos clínicos randomizados que comparassem o uso de Papacárie na remoção do tecido cariado com os métodos convencionais de remoção de cárie/instrumentos rotatórios. Resultados: Dez estudos foram incluídos, com um total de 570 dentes, quatro estudos comparam as duas técnicas de remoção de cárie quanto a taxa de redução da microbiota e não obtiveram nenhum resultado estatisticamente significante. O tempo utilizado para total remoção da cárie foi avaliado por seis estudos onde a média em minutos do tempo de tratamento com Papacárie® era maior que o instrumento rotatório. A redução da dor durante a remoção da cárie foi descrita por sete estudos avaliados e esta teve uma redução quando utilizado o papacárie. A qualidade dos estudos foi avaliada pela escala de Jadad. Conclusão: O Papacárie®, reduziu a dor durante a remoção da cárie infectada, embora o tempo de tratamento fosse mais longo quando comparado ao grupo controle. Não houve nenhuma diferença significante entre os grupos na redução da microbiota após os tratamentos preconizados.

Publicado
2015-11-18