QUEILITE ACTNICA ASSOCIADA A ANEMIA FERROPIVA EM IDOSO: RELATO DE CASO

  • Sonia Maria Soares Ferreira Centro Universitário Cesmac

Resumo

A queilite actínica (QA) é uma alteração pré-maligna comum de vermelhidão do lábio inferior que resulta de uma exposição progressiva excessiva ao espectro ultravioleta da luz solar. Relata-se o caso de um paciente do gênero masculino, 60 anos de idade, leucoderma, que foi ao PAM-Salgadinho no bloco de Estomatologia, queixando-se de lesão dolorosa em região de lábio inferior há aproximadamente dois meses. Em sua história médica, havia relato de anemia ferropriva já tratada previamente, que é uma manifestação tardia da carência de ferro no organismo, desencadeando descamação cutânea e nas mucosas. Paciente também relatou grande exposição solar sem proteção. No exame extra-oral, observou-se a presença de úlceras com superfície descamativa, além de regiões ásperas, fissuras irradiadas e placas leucoplásicas, atingindo a comissura e vermelhidão do lábio inferior, com sintomatologia dolorosa, porém, em análise intra-oral do paciente nada foi constatado. Diante dos dados obtidos na anamnese e exame físico do paciente, a hipótese clínica foi de queilite actínica piorada devido ao diagnóstico de anemia. Foi solicitado hemograma completo que confirmou a suspeita clínica e a conduta adotada, nesse caso, foi a prescrição de Bepantol Derma e protetor labial. O quadro anêmico foi corrigido pela suplementação de ferro e vitaminas. As lesões só cicatrizaram por completo após tratamento da anemia e o paciente continua sendo acompanhado clinicamente. Este caso ilustra o papel desafiante e importante da estomatologia, onde a busca dos fatores etiológicos seja local ou sistêmico são necessários para o correto diagnóstico e tratamento dos pacientes.

Publicado
2015-11-18