Leucoplasia Verrucosa Proliferativa: Relato de caso

  • Fernanda Braga Peixoto Centro Universitário Cesmac

Resumo

A leucoplasia verrucosa proliferativa (LVP) é uma forma agressiva de leucoplasia de origem desconhecida, seu controle é difícil por causa do curso da doença, resistindo a todas as formas de terapia e uma grande transformação maligna. Este trabalho teve como objetivo realizar um relato de caso de leucoplasia verrucosa proliferativa em um paciente do gênero masculino, com 52 anos e de origem indígena. Para esse relato foi realizada uma revisão de literatura sobre as lesões cancerizáveis associadas ao carcinoma epidermóide utilizando artigos, teses e periódicos científicos, publicados em bases eletrônicas como scielo, bireme, medline e lilacs. O diagnóstico precoce da LVP é fundamental para a prevenção da malignização ou, ao menos, do desenvolvimento de carcinoma epidermóide. O cirurgião-dentista tem por obrigação observar detalhes clínicos e ser atento a anamnese visando favorecer desde orientação e esclarecimento sobre os fatores de risco, até o diagnóstico e o tratamento do paciente.
Publicado
2015-11-18