A DISCRIMINAÇÃO RACIAL E OS REFLEXOS NA APRENDIZAGEM NA EDUCAÇÃO INFANTIL

  • Edileuza Ferreira de Araújo
Palavras-chave: Qualidade da educação, Desafios, Discriminação racial, Práticas pedagógicas, Igualdade de direitos

Resumo

Considerando a atualidade sabe-se que a qualidade da educação se configura como um dos principais desafios enfrentados pelos educadores, que incansavelmente buscam estratégias metodológicas a fim de melhorar a educação. Assim este artigo apresenta o resultado de uma pesquisa bibliográfica cujo objetivo foi analisar a discriminação racial no ambiente escolar e sua relação com a aprendizagem, para tanto ressaltou-se a necessidade de trabalhar práticas pedagógicas que envolve as representações de raça, etnia, cor diferença e preconceito racial. Dessa forma, foi utilizada como metodologia a pesquisa de revisão bibliográfica em artigos, livros e teses. Os dados da pesquisa apontaram que realmente as estratégias pedagógicas precisam contribuir para que o aluno participe ativamente do processo ensino aprendizagem de forma integrante e tenha maior aproveitamento, porém foi possível identificar que as raízes do racismo ainda estão presentes no ambiente escolar e muitos educadores ainda não estão preparados para lidar com isso, portanto é necessário que haja mais investimentos na formação de educadores para que eles possam atender com eficiência os interesses da comunidade escolar. Espera-se que este trabalho possa contribuir no sentido de estimular os educadores a trabalharem com projetos sociais na busca de melhorar a igualdade e a qualidade da educação.

 

Referências

AZEVÊDO, E; RAÇA Conceito e preconceito. São Paulo; Ática 1987.
BRASIL. Diretrizes curriculares nacionais para a educação das relações etnicorraciais e para o ensino de história e cultura afro-brasileira e africana. Brasília, Outubro, 2004.

CAVALLEIRO, E. (org.) Racismo e antirracismo na educação : repensando nossa escola. São Paulo: Sum mus, 2001.
COELHO, Wilma de Nazaré Baía. Raça & escola: uma interface necessária. In: FARES, Josebel Akel. (Org.). Diversidade cultural: temas e enfoques. 1. ed. Belém: UNAMA, 2006.
______. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: Educação Física. Secretaria da Educação Fundamental. Brasília: MEC/SE, 1970.
______. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: Educação Física. Secretaria da Educação Fundamental. Brasília: MEC/SE, 1997.
FABRIS, E.H. &LOPES, M.C. (Org) Aprendizagem & Conclusão: implicações curriculares. Biblioteca UNIVATES. Ed.Edunisc. São Paulo, 2007.
GOMES, N. L. Educação cidadã, etnia e raça: o trato pedagógico da diversidade.
______. Lei n° 10.639, de 9 de janeiro de 2003. Diário Oficial da União de 10 de janeiro de 2003.
LOPES, N; O RACISMO explicado aos meus filhos. Rio de Janeiro; Agir; 2007.
MANTOAN, Maria Tereza Egler. A integração de pessoas com deficiência:contribuiçõesparaumareflexãosobreotema.SãoPaulo.Memnon,1997.
______. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: Pluralidade Cultural. Brasília: MEC/SEF, 1998.
______. Ministério da Educação, Secretaria de Educação Especial. Projeto Escola Viva: Garantindo o acesso e permanência de todos os alunos na escola: Alunos com necessidades educacionais especiais - Adaptações Curriculares de Grande Porte, Brasília: MEC/SEESP, 2005, vol. 5.
______.MINISTÈRIODAEDUCAÇÃO.Política Nacional da Educação Especial. Brasília, 2007.
PARAMETROS CURRICULARES NACIONAIS, Livro 1 e 8 MEC, Brasília,1997.
REIS, Teuler. Educação e Cidadania. Editora Wak. Rio de Janeiro, 2011.
SCOTTO, Arlete. Cidadania e Escola: ponto de vista de alunos de cursos de magistério. 1996.106p. Dissertação (Mestrado em Psicologia da Educação)-Programas de Estudos Pós – Graduados em Psicologia da Educação, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo.
SOUZA, I. S, MOTTA, F. P. C, FONSECA, D; Estudos sociológicos e antropológicos. São Paulo; 2002.
VALENTE, Ana Lúcia. Ação afirmativa, relações raciais e educação básica. Revista Brasileira de Educação, n. 28, 2005.
Publicado
2019-10-01