O Contador de Histórias : Uma Análise na Perspectiva da Psicologia Histórico - Cultural

  • Aline Soares Oliveira Faculdade Católica Dom Orione - FACDO
  • Jackellynne Silva do Nascimento Faculdade Católica Dom Orione - FACDO
  • Maria Eduarda Pereira dos Santos Faculdade Católica Dom Orione - FACDO
  • Gilson Gomes Coelho Faculdade Católica Dom Orione
Palavras-chave: Psicologia Histórico-Cultural; Comportamento; Educação.

Resumo

No presente trabalho, busca-se refletir sobre o filme intitulado “O Contador de Histórias”, produzido por Luiz Villaça em 2009. Tendo em vista que trata-se de um filme baseado na história de vida de Roberto Carlos Ramos, o qual foi inserido na antiga Fundação Estadual para o Bem Estar do Menor (FEBEM), onde passa por diversas dificuldades as quais  fazem com que seu comportamento seja indisciplinado e agressivo. Em contraste, conta a participação da pedagoga francesa que se empenha na recuperação do garoto, buscando sua ascensão social a partir da educação. Este trabalho consiste em uma análise psicológica da mudança comportamental de Roberto ao ser inserido em um novo contexto social, a partir da perspectiva da Psicologia Histórico-Cultural desenvolvida por Vygotsky.

Referências

ANTONIO, Rosa Maria. Teoria Histórico-Cultural e Pedagogia Histórico-Crítica: o desafio do método dialético na didática. Maringá, 2008

BENELLI, Silvio José . A lógica da internação: instituições totais e disciplinares. (des)educativas / Silvio José Benelli. São Paulo: Editora Unesp Digital, 2014.
CEREZUELA, Cristina; MORI, Nerli Nonato Ribeiro. Política Nacional de Educação Inclusiva: um estudo sobre sua efetivação nas cinco regiões brasileiras. Rev. Teoria e Prática da Educação, v. 19, n.1, p. 35-48, 2016.
FERREIRINHA, Isabella Maria Nunes; RAITZ, Tânia Regina. Relations of power in Michel Foucault: theoretical reflections. Rev. Adm. Pública ,vol.44, n.2, 2010.
LANE, S. T. M. O que é psicologia social?. São Paulo: Brasiliense, 2006.

LIMA, Paula Márcia de; CARVALHO, Carolina Freire de Carvalho de. A Psicoterapia Socio-Histórica. Psicol. cienc. prof., Brasília , v. 33, n. spe, p. 154-163, 2013 . Available from . access on 25 Nov. 2019.

LUCCI, Marcos Antonio. A proposta de Vygotsky: a psicologia sócio-histórica. Revista de currículum y formación del profesorado, 2006.

OLIVEIRA, Marta Kohl. Vygotsky – Aprendizado e desenvolvimento: um processo sócio histórico. Editora Scipione, 2000.


SANTOS, Luísa Susin dos; BEIRAS, Adriano e ENDERLE, Clarissa Moreira. Violência de Estado, Juventudes e Subjetividades: Experiências em uma Delegacia Especializada. Psicol. cienc. prof. v..38, n.spe, 2018.

SOUZA, Vera Lucia Trevisan de; ANDRADA, Paula Costa de. Contribuições de Vigotski para a compreensão do psiquismo. Estud. psicol. (Campinas), Campinas , v. 30, n. 3, p. 355-365, Sept. 2013 . Available from . access on 19 Nov. 2019.

SOUZA, Juberto Antonio Massud de. Recuperado a dialética no materialismo histórico de Vigotski. Psicol. Soc. 2016.

PIRES, Marília Freitas de Campos. O materialismo histórico-dialético e a Educação. Interface (Botucatu), Botucatu, v.1, n.1, p.83-94 1997.

VIGOTSKI, Lev. S. Imaginação e criação na infância: ensaio psicológico. Apresentação e comentários de Ana Luiza Smolka. Tradução de Zoia Prestes. São Paulo: Ática, 2009.

ZANELLA, Andréa Vieira. Zona de desenvolvimento proximal: análise teórica de um conceito em algumas situações variadas. Temas psicol., Ribeirão Preto , v. 2, n. 2, p. 97-110, ago. 1994 . Disponível em . acessos em 21 nov. 2019.
Publicado
2020-01-30