A Importância da Etnomatemática na Educação de Jovens e Adultos na Escola Estadual 07 de Setembro no Município de Barra do Bugres – Mato Grossso

  • Ligiane Oliveira dos Santos Souza Secretaria de Educação do Estado do Mato Grosso
  • Lutecia Martins da Silva Secretaria de Educação do Estado do Mato Grosso
  • Mariluce Aparecida de Lima Secretaria Municipal de Barra do Bugres - MT
Palavras-chave: Educação Matemática, Etnomatemática, EJA

Resumo

A Etnomatemática surgiu na década de 1970 fundamentada em resenhas sociais a respeito do ensino tradicional de matemática, a partir das práticas matemáticas em seus distintos contextos culturais. Dada a complexidade das reflexões envolvidas, este trabalho objetivou pesquisar  se  o pensamento  matemático dos alunos,  associado  ao  EJA,  vem  sendo desenvolvido pelos professores no contexto escolar. Além disso, mostrar a importância da  Educação Matemática  e  procurar  ratificar  a  Etnomatemática  como área primordial para o desenvolvimento da proposta da pesquisa. Metodologicamente, a pesquisa foi realizada com 40 alunos do EJA da  Escola  Estadual  de  07 de Setembro,  do  sistema  educacional  do município de Barra do Bugres. Espera-se que este trabalho possa contribuir para alertar da importância do EJA no combate do analfabetismo e a melhoria da escolarização de jovens e adultos. 

 

Referências

ARROYO, M. A educação de jovens e adultos em tempos de exclusão. Alfabetização e Cidadania: Revista de educação de jovens e adultos, 11, 09-20. 2011.

BORTOLETTO, Angela Martins. Trabalhando com Educação de Jovens e Adultos (EJA) e a relação dos alunos com a Matemática (CO). In: XIII CONFERÊNCIA INTERAMERICANA DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA. 2011.

D´AMBROSIO, U. . Etnomatemática: uma proposta pedagógica para a civilização em mudança.Palestra de encerramento do PrimeiroCongresso Brasileiro de Etnomatemática, Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, 2000. Retirado de http://vello.sites.uol.com.br/proposta.htm

D´AMBROSIO, U. O programa etnomatemática: história, metodologia e pedagogia. 1999. Retirado de http://vello.sites.uol.com.br/program.htm

D’AMBROSIO, U. Etnomatemática. São Paulo: Ática, 1990.
______. Etnomatemática: elo entre as tradições e a modernidade. Belo Horizonte: Autêntica, 2001.
______. Sociedade, cultura, matemática e seu ensino. Educação e Pesquisa. São Paulo, v. 31, n. 1, p. 99-120, 2005.

FREIRE, P. Educação e mudança. 8ª ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1983.

FONSECA, M.C.F. R. Educação matemática de jovens e adultos. Belo Horizonte: Autêntica. 2002.

MARQUES, Delma Inês Vargas. Etnomatemática: estudo de conhecimento de suas dimensões no contexto pedagógico. 2014.

MONTEIRO, A.; POMPEU JR., G. A matemática e os temas transversais. São Paulo : Editora Moderna, 2001.

PONTES, Edel Alexandre Silva. INDAGAÇÕES DE UM PROFESSOR-PESQUISADOR SOBRE O PROCESSO ENSINO E APRENDIZAGEM DE MATEMÁTICA NA EDUCAÇÃO BÁSICA. RACE-Revista da Administração, v. 2, p. 11-20, 2018.

PONTES, Edel Alexandre Silva. A ARTE DE ENSINAR E APRENDER MATEMÁTICA NA EDUCAÇÃO BÁSICA: UM SINCRONISMO IDEAL ENTRE PROFESSOR E ALUNO. Revista Psicologia & Saberes, v. 7, n. 8, p. 163-173, 2018.

PONTES, Edel Alexandre Silva. Conceptual questions of a teacher about the teaching and learning process of mathematics in basic education. Research, Society and Development, v. 8, n. 4, p. 784932, 2019.
Publicado
2020-02-01