AS IMPLICAÇÕES ORGANIZATIVAS NA PREPARAÇÃO DOCENTE NO USO DAS TECNOLOGIAS NAS ESCOLAS DE ENSINO MÉDIO NO MUNICÍPIO DE SANTANA-AP

  • Alcliane de Sousa Góes Universidad Tecnológica Intercontinental

Resumo

O objetivo deste trabalho é analisar as implicações organizativas da preparação docente no uso das tecnologias nas escolas de ensino médio no município de Santana, do estado do Amapá-Brasil no ano de 2017. Tomou-se como referência as três maiores escolas públicas, a escola Estadual Professor José Barroso Tostes, a escola Estadual Augusto Antunes e a escola Francisco Walcy Lobato Lima. A fim de identificar as implicações organizativas, que comprometem na preparação docente no uso das tecnologias, com observações das contradições existentes, para entender a problemática pertinente neste século XXI, que ainda são entraves na educação. A pesquisa foi não experimental de nível descritivo sob uma abordagem quantitativa com dados estatísticos, com apoio a pesquisa bibliográfica e de campo por meio de questionário fechado para uma população total de 114 professores. Levou-se em conta no decorrer dessa discussão a ética como princípio de toda investigação, garantindo a neutralidade, a veracidade e a integridade das pessoas participantes. Nessa ótica será apresentada uma análise dos resultados obtidos fundamentada nos teóricos: Demo (2009), Moran (2000), Kenski (2003), entre outros. As considerações finais trouxeram em seu bojo os pontos mais importantes observados no decorrer desse estudo, quanto à importância do professor preparado na sala de aula e da integração das novas tecnologias no processo ensino-aprendizagem, para que estes adequem suas práticas as novas exigências globais e formem cidadãos mais críticos e capazes de buscar, selecionar, organizar e operar as informações. Espera-se que outros estudos sejam desenvolvidos na concretização de soluções.

 

Palavras-chave: Tecnologias. Preparação docente. Implicações Organizativas

Publicado
2019-02-17