A CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS COMO ESTRATÉGIA PEDAGÓGICA NOS ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL

  • Cherly da Conceição da Costa Marcher Universidad San Lorenzo
  • Maria Raimunda Valente de Oliveira Damasceno Universidad Tecnológica Intercontinental

Resumo

O artigo aborda a temática A contação de histórias como estratégia pedagógica nos anos iniciais do Ensino Fundamental. Desta forma, os estudos contidos em seu bojo tem o objetivo de analisar a contação de histórias como estratégia pedagógica nos anos iniciais do Ensino Fundamental, na Escola Estadual Santuário do Perpétuo Socorro em Macapá, Estado do Amapá. Para tanto, utilizou- se de metodologia da investigação científica, quando se estipulou por sua natureza da pesquisa do tipo qualitativa e quantitativa, de nível exploratória e descritiva e modalidade de observação participante, entrevista com alunos, contador de história, professores e coordenação pedagógica e análise documental como instrumentos de coleta dos dados. Constatou-se que a pesquisa, na área da contação de histórias, relata a sua importância para a humanidade e a contribuição para o ensino. A sociedade familiar e educacional desconhece tal poder mágico e faz com que o seu valor seja limitado e pequeno. Assim, acredita-se que apesar de ser uma arte milenar, o conto é inovador na prática pedagógica, necessitando do apoio e cooperação, tanto da comunidade escolar quanto da sociedade em geral para o seu êxito.

Palavras-chave: Ensino, estratégia pedagógica, arte, Contação de história.

Publicado
2019-04-02