Contaminação de Ambientes Arenosos por Helmintos em Praças Públicas da Cidade de Maceió-AL

  • Antônio Thaywan Gama de Oliveira Cesmac.
  • Ângelo Paulo Pereira Soares da Silva Cesmac
  • Charlany Sales Farias Cesmac
  • Meclycia Shamara Alves Cesmac
  • Lindon Johoson Diniz Silveira Cesmac
  • José Alex Carvalho de Farias Cesmac

Resumo

Objetivou-se avaliar a contaminação de praças públicas de Maceió-AL por helmintos e a sua associação com as estações climáticas. Selecionaram-se 6 praças em diferentes bairros , coletando-se 20 amostras de areia de cada nos períodos chuvoso (n=10) e seco (n=10). Utilizaram-se as técnicas de Hoffmann, Pons e Janer, Willis e Baermann-Moraes. Encontrou-se 57,5% (69) das amostras contaminadas. Foram encontrados Strongyloides sp, Ancylostoma sp e Ascaris lumbricoides; com a maior frequência no bairro do Farol, sendo que 98,5% das amostras tinham larvas de helmintos. Conclui-se que são necessárias medidas preventivas e de controle que minimizem as fontes de contaminação destes ambientes.
Publicado
2013-04-13
Seção
Artigos