AÇÕES SOCIOAMBIENTAIS EM ESCOLAS PÚBLICAS DA CIDADE DE RIO LARGO

  • Tâmara Moraes Bastos Instituto Federal de Alagoas
  • Eduardo Henrique Omena Bastos Instituto Federal de Alagoas
  • Silvânia Maria da Silva Santos Instituto Federal de Alagoas
  • Aline Cristina dos Santos Instituto Federal de Alagoas
  • Aristóteles Peixoto Barros Instituto Federal de Alagoas

Resumo

Introdução: O descarte inadequado de resíduos sólidos, potencialmente reciclados, pode gerar danos ao meio ambiente, uma forma de minimizar esse dano é adotar coleta seletiva com posterior processamento. Objetivo: Esta pesquisa visou orientar e promover ações práticas voltadas ao Gerenciamento de Resíduos Sólidos, com estudantes de escolas públicas. Método: Trata-se de um relato de experiência, desenvolvido no período de março a novembro de 2017, em escolas públicas na cidade de Rio Largo. Para a realização do projeto foram elaboradas palestras sobre sustentabilidade e firmada uma parceria com a empresa recicladora Maceió Pet Reciclagem. Os resultados foram avaliados por meio de questionário de satisfação aplicado aos discentes. Resultados: Foram atendidos 194 estudantes da Escola Municipal Marieta Leão e Escola Estadual Santos Dumont. Os discentes foram orientados sobre práticas sustentáveis e acerca do projeto, que tinha como objetivo coletar garrafas PET para aproveitamento pela empresa parceira, em contrapartida, a escola receberia brindes, como materiais de lazer, para serem usufruídos por todos da comunidade escolar. A totalidade dos estudantes entrevistados se mostrou “muito satisfeito” com a realização do projeto na sua escola. Conclusão: As práticas ambientais devem estar presentes no ambiente escolar, principalmente as de sustentabilidade, que apresentaram ótima adesão por parte dos discentes.

 

Palavras-chave: Gerenciamento de resíduos sólidos; escolas públicas; reciclagem.

Publicado
2019-03-30